terça-feira, 12 de fevereiro de 2019

Ave Saja...



Com a simplicidade de um José e a inteligência de um Antônio, sua majestade estava na humildade...
Todo o conhecimento posto a serviço do crescimento do outro...
Perpetuação do Amor!
Amor de Cristo... Amor de Francisco... Amor de Teresinha...Amor de Irmã Dulce...
Amor que te fez escutar Deus tocando flauta e chamando pra dança...
Amor que te fez arauto da esperança vinda de um Deus que cuida...
Amor, razão da partilha de pérolas como:
"Saber que tem vida depois da morte, isso eu já sei,
mas a pergunta a fazer é se existe vida antes da morte!"
Que sorte a nossa, encontrar você no caminho...
Oferecendo seu serviço despojado, doce, feliz!
Um viço abnegado, intenso, aprendiz!
Uma provocação ambulante, um menestrel errante, uma inquietude feroz...
Magnetismo em plenitude, no compasso afirmativo de sua voz!
Com um alcance muito além do próprio conhecimento...
Uma proposta de transformação de pensamento, de mudança de atitude!
"É difícil porque é fácil!", fazia questão de explicar....
"A esperança é uma memória que vem do futuro"
Saia de cima do muro, dizia, sem precisar falar!
"Cada pessoa é um eco de Deus que não se repete!"
"Onde estiver, o cristão é responsável pelo meio!"
Frases que te vejo dizer, que te ouço repetir, que te agradeço por repartir, generosamente,
nesta sua rápida passagem por aqui, neste meu devaneio de lembranças...
Salve Saja! Cheio de graça!
Ave José, Ave Antônio!
"Não basta sofrer!" você dizia, com a alegria de quem alimenta suas crias...
Dando asas á utopia de buscar mais adiante...
Ser abrigo, ser irmão, segredo antigo...
Viver a plenitude do grão de trigo...
Morrer pra se tornar pão!
Brotar no coração de um amigo,
provar da paixão, da saudade,
da verdade, do visgo...
Abraçar o desafio, o risco, o "perigo"
de não estar mais aqui não...
Voltar ao pó, fincar no chão...
No colo da Terra, no solo do céu,
protagonizar o seu maior papel...
Amor que não cabe na razão!
Voltar, por princípio, à criação!

3 comentários:

  1. Lindo. Fui aluna dele, Marcinho. Em duas matérias pude conhecer a força e a coerência desta pessoa. Convicto e consciente.

    ResponderExcluir
  2. Marcio, com sensibilidade ímpar, toca no essencial de Saja.

    ResponderExcluir
  3. Saja é um mistério q volta ao céu, mas q o meu jardim do conhecimento floresceu. Obrigada por tudo q aprendi com vc Ser Iluminado!

    ResponderExcluir